domingo, 3 de janeiro de 2010

SONETO "AMOR SEM ENTENDER"


Através de tantas tragédias,
Só consigo pensar em você.
Rolam em meu rosto, lágrimas,
Que não consigo entender...

Que droga!
Será que ninguém me enxerga?
Você está aqui escutando o que eu falo?
Ah...não está

Como sou sem raciocínio.
Acreditar que você virá.
Como?...se só eu sei de toda essa tragédia.

Porque eu te amo?
Hum...deve ser porque me apaixonei.
Por você...só por você.

Danillo Salviano


Primeiro post do ano. Estou muito feliz de voltar a publicar aqui neste cantinho que tanto me alegra,e espero que alegre vocês também.
Peço desculpa pelo tempo sem passar por aqui, mas é que final de ano tem varias coisas para fazer, e fiquei sem tempo.
Neste ano que está chegando, espero que minha mente fervorosa, esteja cheia de burbulhantes escritas de paixões, alegrias, descobertas e tantas outras vivências.
Feliz 2010 para todos vocês, este ano vai estar repleto de novidades, fique colado na tela do seu pc, para não perder nenhum momento.


8 comentários:

Natalia disse...

aah que lindo!
você tem muito talento :D

El Diniz disse...

nosa,me lembra um pouco como eu escrevo...vc escreve bem,parabéns,vou t seguir!

Meu Manifesto disse...

Legal...

"Porque eu te amo?
Hum...deve ser porque me apaixonei."
Eu ri.. rs

Jaqueline disse...

lindo...adoro sonetos!!!

Andressa disse...

Lindo!
Parabéns pelo blog!

Guilherme Bayara disse...

1º vou falar do seu poema ^^
Que é muito bonito!
"Porque eu te amo?
Hum...deve ser porque me apaixonei.
Por você...só por você."
Esse trecho é de uma simplicidade e de um sentimento, é muito forte!

Lindissímo! Sem palavras pra descrever!

Bom, tem 3 dias que você comentou no meu Blog...
Desculpa a demora pra retribuir...
Mas só parei para ler hoje os cometários com calma...
E você foi quem captou(mesmo em poucos palavras) a ideia do texto.
E nada mais justo do que vir conferir seu trabalho, que é muito bom!

estou te seguindo, adorei os poemas

Graycy Cavalcanti disse...

bem teu poema e chiq adorei ;e pra tu deixar de ser falador ja tinha visitado seu blog apenas não comentei ta....Fui ta bonito adorei a imagem do olho no poema ficou show

Márcia disse...

Ola Danilo,
adorei seu sonetos de amor,estamos inspirados hein...rsrsrs...lindoooosss...
você escreve mto bem...Parabéns!!!